SEGURO DO CARRO COBRE ENCHENTE?

SEGURO DO CARRO COBRE ENCHENTE?

Nesta época do ano geralmente são marcados por períodos de chuvas fortes, que inevitavelmente acabam ocasionando enchentes e alagamentos em diversas áreas da região.
É muito comum ouvirmos que o seguro do carro não cobre enchente, esta informação, porém, não é completamente certa. Desde 2004, segundo a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), a cobertura contra danos da natureza e, inclusive enchentes, é obrigatória nas apólices de seguro compreensivo (Colisão, Incêndio e Roubo), que é o plano mais vendido atualmente.
Os fenômenos da natureza que geralmente são cobertos pelas apólices de seguro compreensivo são: queda de árvores, vendavais, enchentes, chuva de granizo, deslizamento de terra, raios entre outros.
As seguradoras cobrem os danos causados em veículos em enchente desde que não tenha sido por água salgadas ou o motorista tentou passar pelo alagamento. A indenização pode ser parcial ou total, neste último, se 75% do carro foi danificado.

Alguns cuidados para garantir sua cobertura do carro na enchente.
1. Não enfrente enchentes. Se você está dirigindo em uma via que está normal e se depara com uma área alagada, não tente enfrentar a água. A seguradora pode excluir essa cobertura da indenização.
2. Evite passar perto de praias em dias de chuva, o seguro não cobre carro na enchente por água salgada, somente água doce.
3. Em caso de enchente, ligue rapidamente para a seguradora. Um guincho retirará o veículo da área alagada.
4. Nunca acelere o veículo para sair da enchente. Isso aumenta o risco de perder o motor.
5. Contrate uma apólice que cubra o automóvel como um todo.
6. Ao contratar um seguro auto, procure uma corretora de seguros que lhe dará mais de uma opção de seguradora para que você tenha flexibilidade para escolher a melhor de acordo com suas necessidades.
7. Se o seu carro já está no meio da água, não tente retirá-lo de lá. Sua segurança sempre deve estar em primeiro lugar.
8. Se o carro morrer dentro d’água, nunca tente dar a partida. O motor pode aspirar água e ser danificado.

Dirija com segurança, se mesmo em dias ensolarados manter a distância do veículo à frente é importante, em dias de chuva ou tempestade ampliar a distância é fundamental, já que a pista tende a ficar escorregadia.
Manter o farol baixo ligado melhora a visualização dos veículos, principalmente se houver neblina. Nestas condições, nunca use farol alto, pois o reflexo da luz vai ofuscar a visão dos demais motoristas, também nunca use o pisca-alerta com o carro em movimento, pois o motorista de trás pensará que seu veículo está parado.
A melhor forma de prevenir a aquaplanagem é sempre trafegar com pneus em bom estado (nunca “careca”, o mesmo que liso) e reduzir a velocidade em dias de chuva forte. Mas, se ainda assim o carro aquaplanar, a orientação é manter a calma, retirar o pé do acelerador, não pisar nos freios nem virar a direção até que os pneus voltem a entrar em contato com a pista.

Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhar no WhatsApp
WhatsApp Chat
Enviar